Suporte Educacional

 

Criado em 1995, o suporte educacional oferece aos pacientes a possibilidade de recuperar a defasagem escolar ocasionada pela ausência à sala de aula. Este setor procura devolver à criança os hábitos e a disciplina do estudo regular, de maneira alegre e descontraída, compensando-a dos períodos dolorosos da doença e do tratamento. Com capacidade alunos com câncer, este atendimento é dado de forma individualizada por uma coordenadora pedagógica contratada que coordena este setor formado por voluntários, respeitando o programa que o aluno estava desenvolvendo em sua escola de origem. Tal medida está amparada pelo Decreto-Lei n° 1044, de 21/10/69.

Esse projeto visa não somente minimizar a defasagem escolar sofrida pela criança que fica longe da escola no período de tratamento, mas também traz implícita a proposta de que a criança deve acreditar em seu futuro saudável, e para tanto é fundamental manter-se atualizada em seus estudos.

Pretende também, que a criança em seu retorno à cidade natal, possa ser aceita no período regular próprio para sua idade, proporcionando-lhe melhor bem estar, adequação e inserção na sua comunidade. A AACC entra em contato com a escola de origem de cada aluno que envia o programa de ensino do período em que a criança e/ou adolescente estiver cursando. Nos casos de curta permanência em São Paulo e ausência de currículo a ser seguido, o Suporte Educacional da AACC oferece atividades dentro de dois grandes blocos do conhecimento: leitura e escrita e raciocínio lógico-matemático, considerando as especificidades de cada caso. A elaboração das atividades didático-pedagógicas está condicionada principalmente ao perfil do aluno (faixa etária, interesses, necessidades, expectativas e condições físicas e emocionais).

Os pedagogos e voluntários da AACC mostram um plano de trabalho individual para cada aluno e, quando possível, em grupo, seguindo o programa fornecido pela escola de origem de cada aluno, considerando o tratamento hospitalar e compatibilizando os horários das aulas às necessidades do seu tratamento.

Objetivo do Projeto
Facilitar a reinserção social da criança e do adolescente com câncer, desenvolvendo habilidades, recuperando sua defasagem escolar durante o tratamento e adotando uma postura que considere uma perspectiva de cura.
Público Alvo
Todos os pacientes em idade escolar alojados na AACC.
Período de realização 
Durante todo o ano letivo, com atividades diárias de quatro horas.
Resultados a serem alcançados:
– Reinserção de crianças e adolescentes em seu meio escolar em termos de igualdade com os alunos de seu grupo.
– Alunos que manifestem uma visão positiva de futuro
– Fornecer meios que contribuem para que os alunos possam iniciar suas atividades escolares ou retoma-las com um mínimo de defasagem.
Indicadores de Avaliação
– Interação da criança com o grupo;
– Notas das avaliações periódicas;
– Comportamento da criança dentro da escola;
– Interesse do aluno pelas atividades no Suporte Educacional.
Horário de atendimento
O horário de atendimento é de segunda à sexta, das 13hrs às 17hrs.

Movimento Bem Maior

O Suporte Educacional da AACC participa do atual ciclo do Movimento Bem Maior. Conheça mais acessando https://movimentobemmaior.org/

LOGOS_MBM+PHI

Biblioteca

 

Além do suporte informacional aos currículos diferenciados, a AACC oferece uma ampla coleção que contribui para a construção e ampliação do conhecimento segundo as motivações de cada aluno, uma vez que estes procedem de diferentes regiões do Brasil.

 

Objetivo

Funcionando junto ao Suporte Educacional, a biblioteca da AACC foi planejada e desenvolvida com o objetivo de proporcionar acesso e recurso para aprendizagem em todos os assuntos do currículo escolar adotado pela Unidade de Suporte Educacional da Instituição.

 

Público Alvo

Todos os pacientes e acompanhantes atendidos pela AACC.

 

Período de realização

A biblioteca funciona diariamente no horário das 13h00 às 18h00 proporcionando o livre acesso ao acervo a todos os alunos e professores.

 

Resultados obtidos

Com os alunos menores, os resultados estão sendo bem satisfatórios, uma vez que a biblioteca oferece um cantinho aconchegante para leitura.

 

Brinquedoteca

 

Em funcionamento desde 1999, deixamos à disposição dos pacientes jogos educativos, instrumentos musicais, biblioteca infanto-juvenil, gibiteca, vídeo game e jardim de inverno. AACC dispões de um espaço com mais de 60m2, equipado com material apropriado para a realização de atividades lúdicas, culturais e educativas. É um espaço que, mais do que proporcionar momentos de recreação, facilita a oportunidade das crianças realizarem atividades junto os efeitos causados pelo stress do tratamento.

 

A Brinquedoteca AACC é um espaço diferenciado dentro da organização. É uma ilha de colorido especial, onde as crianças sentem-se “em casa”, aliviando a tensão do tratamento. Além disso, pode ser considerado também um espaço de inclusão, já que grande parte dos pacientes e acompanhantes, de condição socioeconômica menos favorecidas, utilizam-se de jogos eletrônicos, brinquedos, incentivos culturais aos  quais não têm acesso nos locais de origem. Através da análise das atividades, pode-se perceber que as crianças se sentem valorizadas e demonstram necessidade de um olhar voltado a seus aspectos saudáveis, sendo assim um esforço para a retomada, desenvolvimento e manutenção da autoestima.

Este projeto, em particular, tem o propósito único e singular de proporcionar bem estar psicológico e físico às crianças experienciam um momento difícil, no qual a sua rotina passa a ser vivida no ambiente limitado de idas ao hospital e à escola da instituição. O brincar é uma forma de comunicação consigo mesma e com os outros, no qual externalizam seus potenciais oníricos, suas angústias e manipulam fenômenos externos ao serviço dos sonhos.

 

Objetivos

Facilitar que em um curto espaço de tempo a criança consiga deslocar o foco do mal estar físico (doença) para o espaço do brincar e do prazer, proporcionado pelas atividades lúdicas, uma vez que passa a perceber que o mundo, além da escola, médicos e hospitais, é também diversão, o que por elas é naturalmente conhecido como “brincar”.

 

Público Alvo

Todos os usuários atendidos pela AACC.


Apoiadores